Entendo a estrutura da Psique.

freud-e-a-psicanlise-16-728
O Consciente corresponde à dimensão racional da Psique. Ao nível do Consciente tomamos conhecimento da realidade exterior e, também, dos nossos conteúdos mentais não recalcados ao nível do inconsciente. Ao longo da história os filósofos e os psicólogos, tomaram esta dimensão da Psique como a mais importante e, até, em muitos casos, a encararam como a própria mente. Freud defendeu que a consciência abarca apenas uma dimensão da Psique.
O Inconsciente é, então, a mais importante instância da Psique, e a mais vasta. É aí que está a chave para a interpretação do sentido de todos os nossos comportamentos e, em geral, da nossa vida psíquica.
O Pré-consciente, que permite que alguns conteúdos do Inconsciente acedam à consciência, mas “travestidos”, “disfarçados”, por forma a evitar distúrbios ao nível do Consciente. Assim, os conteúdos de origem libidinal, ligados ao instinto sexual, podem aceder à consciência sob uma forma simbólica, não geradora de tensão.

Quanto ao aparelho psiquico:
do ponto de vista DINÂMICO – teoria das pulsões (teoria das forças psíquicas)
do ponto de vista ECONÔMICO – intervém a função homeostática do princípio do prazer e sua modificação enquanto “princípio da realidade” (teoria do funcionamento psíquico)
do ponto de vista TOPOGRÁFICO – distinção consciente/inconsciente e estrutura do ego,id e superego (uma teoria da estrutura psíquica)
Vivian Fernanda
Psicanalista e pretensa professora