Hotel do coração partido

Muitas vezes durante nossa vida entregamos à apenas uma pessoa a razão de nosso sorriso. Acredito que não se pode chamar isso de felicidade, pois quem carrega esse fardo nunca será feliz. Em nosso egoismo delegamos à esta unica pessoa a função de preencher todo vazio que temos. Este foi um assunto abordado nas ultimas semanas no consultório e por isso resolvi postar este vídeo. Pra que “Ronaldas” enxerguem o que acontece quando introjetamos muito mais do que projetamos.