Ter não é igual a Ser

64111_542442379126380_1242833077_n

Sabe uma enorme crise existencial? Tipo: donde vim? pra donde vô? As vezes estou tão cheia e ao mesmo tempo tão vazia… Um estado letárgico.Dai eu falo coisas assim que as vezes saem por impulso. É algo que cansou de ser recalcado. Recalque na visão psicanalista e não na definição da grande filosofa contemporânea. Desculpe Valesca, sou mais empirista, uso a dialética, busco assuntos interessantes e opino sobre eles. Não que beijinho no ombro seja aquém…

Vejo em algumas pacientes uma bagagem de vida, e então me dá vontade de escrever tanta coisa. As vezes eu passo o dia inteiro pensando em tudo que eu gostaria de escrever. Depois eu penso: ninguém merece. nem eu! Existem situações que vejo pessoas desabafarem em redes sociais, sejam grupos ou em próprio perfil e gostaria de dizer a elas: Você precisa parar agora! Não é pra todo mundo saber da sua vida. Onde vai, o que pretende, o que fez ou o que tem vontade, muita vontade de fazer.

Acho que estou com uns três ou quatro sentimentos ou vontades abafados pelo meu super-ego(ou regras da sociedade). Ok, não sou exatamente eu. Alguma ou algumas pacientes. São nelas que penso para escrever isto. Eu sou como elas, ou procuro me colocar em seus lugares. Digo para minhas pacientes: Meu coração é um hotel muito grande e esta todo ocupado por muitas pessoas, que as vezes querem ocupar mais espaço do que devem. Em alguns momentos há muitos hospedes pra um hotel só. Falo isso para que entendam a hora de assumir suas funções e expulsar quem esta ocupando muito espaço. De repente é até melhor ir embora e construir um novo coração, digo hotel.

Ter não é igual a ser. Sou psicanalista. Outras pessoas TEM algum tipo de formação e dizem poder fazer a mesma coisa que eu. Saber nem sempre é suficiente para SER, contudo é a idealização necessária para TER. Quando uma paciente se ausenta, ela pode imaginar que TEM e É o que precisava quando começou um tratamento. Então me vê não mais como uma ajuda e sim como um “gasto”. Acho que é ai o motivo da MINHA crise existencial: sei da onde vim e pra onde vou mesmo sem querer. E quando eu pensar no que eu fiz algo de errado vou me lembrar dessa musica e ter certeza de não me sentir culpada afinal foi o resto da vida inteira que me fez assim!

Fernanda Guimarães
Psicanalista, filosofa e dona de um grande hotel!